Rafael & Francielen | Curitiba - PR

(Aperte play e leia o texto)

O que você espera do futuro? Todos já se fizeram essa pergunta ao menos uma vez. Seja individualmente, em família, um casal que se ama ou até sobre o que vai ser do planeta, sempre ficamos curiosos em relação ao que o amanhã nos reserva. Quando pensamos por exemplo nas futuras gerações: nossos filhos e netos, surge um misto de boas expectativas e preocupação sobre como tudo será no tempo deles: Haverá ainda mais violência? Como será a educação nas escolas? A depravação e desorientação irá atingir essas pessoas que amamos? Se por um lado vemos pessoas que agem como verdadeiros terroristas em relação ao futuro, existem também os que agem como se nada estivesse acontecendo, vivendo como se fossem os últimos habitantes do planeta. Mas será que a água potável vai realmente acabar ou talvez com o passar dos anos descubram a cura de uma doença terminal? A tecnologia vai nos ajudar a chegar em lugares incríveis ou talvez ela nos mate? Alguns acreditam que o que está ruim só ficará pior e outros pensam que dias melhores virão. A verdade é que independentemente do que estamos esperando do futuro, a real pergunta que acredito ser relevante é sobre o que o futuro espera de nós, ou melhor, pergunte a si mesmo: O que estou fazendo para o futuro que gostaria de ver? Seja individual ou coletivamente, estamos construindo algo, ou deveríamos estar. Preocupações roubam nosso tempo e não constroem nada, ações nos ocupam e edificam realidades para o futuro. Existe uma lei que não falha: "Pois o que o homem semear isso também colherá." (Gálatas 6:7 NVI). Não deixe o futuro esperando, plante hoje o que você quer colher amanhã.

Você pode fazer o download da arte que fizemos especialmente para esse post, com o fundo branco e o fundo preto.